224 pensamentos em “FERRITINA ALTA: para entender de vez!

  1. fFZ O EXAME E DEU MUITO ALTO 1702 E ESTOU PREOCUPADO.
    marquei consulta para 4° feira com clinico geral. Sinto muita dores nas pernas me disseram que é da ferretina.

  2. adorei a explicação, clara e objetiva trabalho em laboratório de análises clínicas e hoje eu tive uma ferritina alta e ferro baixo e sua explicação foi ótima obrigado por ajudar que Deus te abençoe

  3. Boa tarde Dr. Leandro Minozo! perfeita e clara as suas colocações a respeito do excesso de ferro. Muito obrigado e um abraço

  4. Dr a minha ferritina exame dia 25 10 13 sta com 643, ja teve 783 em 23 01 13, ja outros exames como ferro, ferro grau saturação, normal, qual a dica que tem para fornecer-me, grato, e parabens pelo artigo abraços

  5. Parabens,Doutor,seu esclarecimento me foi muito util.Consegui entender pq a ferritina subiu muito para mim,tenho no momento 267.Já há quase 1 ano tenho tido grandes problemas com gengivas e dentes,em um mês fiz 4 cirurgias(fístulas e cistos q saem de um lugar e vao para outro)e nao melhoro das gengivas.Tb há mais tempo, tenho problemas nas articulacoes dos dendos das maos e punhos(já operei uma vez aqui na Alemana) e fiz tratamento no Brasil tb. e estou do mesmo jeito!
    Aqui meu médico de casa só manda fazer dieta e nao comer carnes,menos massa,arroz,batatas e paes branco.Eu agora li suas dicas e vou procurar um especialista.Muito obrigado Doutor,que Deus lhe abencoe e q o Sr. possa sempre nos orientar com sua sabedoria.Maria

  6. Olá. Minha mãe está em manutenção de leucemia aguda e o exame de ferritina dela está acima de 6.000. Há alteração também das enzimas hepáticas. O quadro é reversível? Obrigada.
    Simone

  7. Gostei da informação pois a minha ferritina está um pouco acima do normal e deve ser pela razão de uma inflamação dos olhos para o qual meu geriatra receitou antibiótico e foi logo após que fiz o exame de sangue.
    Muito obrigado

  8. Excelente, fiquei preocupada com o meu resultado (269,44ng/ml), no entanto com o seu esclarecimento pude relacionar o aumento com outras tendências a problemas de saúde que tenho. Muito obrigada.

  9. Uma das melhores explicações e de fácil entendimento que eu já li,sobre o assunto, verdadeira utilidade pública…rs.Parabéns!

  10. em um hemograma completo o valor de ferritina deu 35ng/ml da minha neta de 14 anos o que significa esse valor é bom ou ruim devemos leva-la ao médico pra tomar medicamentos

  11. meu nome é Osmar, Certo dia resolvi me submeter á uma bateria de exames.
    quando recebi os resultados,tive a maior surpresa, estava com sintomas de um possível problema no fígado,fui procurar um médico muito experiente em minha cidade. ele ao me consultar,me pediu para fazer alguns exames entre eles ferritina ferro sérico, e saturação de ferro. ao receber os resultados me desesperei. minha ferritina estava muito alta, 6010, de imediato ele me encaminhou ao seu filho especialista em problemas do figado.esse profissional foi muito objetivo me disse dos problemas que tudo isso poderia me causar .me pediu para fazer uma biopse do figado. fiquei no aguardo dos resultado. pensei que iria morrer.após 15 dias recebi o resultado levei ao facultativo e ele após analisar os exames me disse do mal o melhor vc não esta com câncer nem com outro problemas piores .

    • Olá, Osmar, li o seu comentário e realmente a gente se assusta ao ver marcadores altos. O seu médico pediu exames para detectar hepatites?

  12. FIZ UM EXAME DE SANGUE E A TAXA DE FERRITINA FOI MUITO ALTA DE 431NGML E VITANINA B12 TAMBEN FOI ALTA 1104,0PG/ML E PROTEINA C. REATIVA DEU NEGATIVO,POR FAVOR ME REPONDA O MAIS RAPIDO POSSIVEL.

  13. Excelente artigo. Seria bom se pelo menos 5% da classe médica se dispusesse a elucidar as dúvidas dos pacientes de modo claro e objetivo… pena que apenas uma parte ínfima dos profissionais se propõe a isto. Parabéns doutor !!!!!!

    • Tenho ferritina alta,há mais de 5 anos, faço tratamento aqui em maceio-alagoas, com um hematologista e um médico de fígado.Fiz um exame para saber da genetica, o resultado foi genético de pai e mãe,homozigoto, feito em minas gerais, desse dia em diante sempre vou ao hematologista, quando está alta faço sangria 400ml, cada vez que tiro, não como nada que contenha ferro.recentemente fiz uma cirugia de vesicula, e o médico avisou que estou com gorduras no figado, tenho que fazer um regime rigoroso,caso contrário futuramente já sei o que me espera.Dr. adorei sua explanação,mas me ajude responda meu comentário,esquecí de dizer que não tenho nehuma taxa alta, não sou diabética,mas tenho muitas dores nas pernas , nos ossos, coluna ,punho,etc.me responda quando puder.obrigada.

  14. Achei fantástica a matéria. Tenho ferritina alta (540). Seguindo as orientações desse médico, vou procurar um especialista.Valeu e muito!!! Obrigado e parabéns Dr.

  15. Boa tarde,Dr. Leandro
    Peguei hoje meus exames no laboratório e me assustei com o resultado da ferritina sérica:489.9,sendo que a 2 meses atrás ela era 8.0.Tomei 16 ampolas de Noripurum no soro,que terminaram mais ou menos 1 mês antes de fazer o exame.Por favor,dr.,esse resultado pode ser por causa das injeções?
    Estou em tratamento com hematologista,mas me encontro bastante ansiosa,pois,só tenho consulta daqui a 15 dias.
    Obrigada!

  16. DR. LEANDRO, MUITO OBRIGADO, mas muito obrigado mesmo, pois graças às suas informações, eu mesmo corri atrás para fazer os exames e constatei que TINHA HEMOCROMATOSE, digo tinha, porque segui rigorosamente a diminuição do consumo de ferro e de alimentos que retinham a ferritina, tais como limão, feijão, cebolinha, salsinha e APENAS DIMINUÍ as carnes vermelhas, que eu consumia diariamente. Hoje, peguei novos resultados, após + ou – 40 dias e já não tenho Hemocromatose. Graças a você, estou me sentindo um herói, “o foda”, pois há anos, peço aos médicos, ou melhor, às pessoas que se dizem médicos, para me passarem um controle para a Ferritina e sempre me disseram que não havia necessidade. Já não sinto mais tanto cansaço e fraqueza. PARABÉNS DOUTOR, QUE DEUS LHE ABENÇOE.
    Veja os resultados: Protéina C Reativa: 1,62 – Ferro 134 – Ferritina 252,7 – Capaciade total 3245 – Capacidade Latente 190 – Saturação 41

  17. Super didáticas as suas explicações…amei…..a ferrtina no meu organismos aumenta e abaixa de um ano para o outro…..2008: 156….ja em 2011:253,8….em 2013: 320…..então como a maioria das pessoas tem talessemia….vou ao medico para ver isso….obrigado….

  18. Perdão Dr. Leandro na minha família temos é excesso de ferro no organismo…..e talessemia pelo que vi é pouco ferro….então errei feio no nome da doença que algumas pessoas tem…..além do excesso de ferro aparece algumas alergias a trigo e leite……doença do mediterrâneo….hemocromatosse?

  19. Bom dia. É comum uma pessoa com Talassemia ter um resultado de ferritina igual a 500 ??? Existe algum tratamento com medicamentos para sua normalização até 250 Ou apenas uma nutricionista pode me ajudar?? Obrigado Marystela ( Farmacêutica -Santa Casa Santa Adélia SP )

    • Marystela, bom dia!
      Eu também sua talassemico ” minor” ferritina 800, o que o Dr. Leandro indicou para voce fazer, existe algum tratamento com medicamento? ou uma nutricionista pode ajudar?
      Me informe por favor…
      Obrigado
      Wilson

  20. Dr. Leando, o senhor é uma benção mesmo!
    Minha médica solicitou exames, e entre eles a FERRITINA. Fiz HOJE e já tenho o resultado. Quando vi, meu coração bateu acelerado (deu 311mcg). Quando o ideal para mulheres pós menopausa (meu caso), é de 24 a 155mcg). Corri pra net e entrei no seu blog, aliás Deus me direcionou para este abençoado blog. Fui lendo, lendo, lendo e descobri o porque do aumento: ESTOU MUITO GRIPADA, GARGANTA INFLAMADA, FEBRE, DORES NO CORPO, enfim…Isto justifica o aumento da FERRITINA. Mas minha médica também passou um exame no fígado para acompanhar a FERRITINA. Mas já estou calma e tranquila. OBRIGADA DOUTOR!
    Abraço cheio de alegria. rsrsrsrs

  21. Muito bom .consegui esclarecer muitas duvidas .Meu marido tem ferritina elevada .
    Mas já está se tratando com um hematologista já fez sangrias .Perdeu peso e hoje está bem .Obrigada.

  22. Prezado Dr Leandro
    Inicialmente, meus parabéns pela maneira simples e clara no discorrer sobre o fantasma que me aterroriza, por não ter, até o presente momento, um esclarecimento convincente como o seu !!!
    Desde os últimos 2 anos as minhas taxas de ferritina vem se apresentando altas. No início 1.700, passando na coleta do ano seguinte para 2.400 e atualmente(15Nov) chegando a 2.700.
    Desde o início procurei uma hematologista e ela me solicitou um Rx dos pulmões, um ultra-som das vias baixas e quando apresentei o Rx dos pulmões e o ultra som, com normalidade, solicitei a sangria e ela me solicitou uma ressonância abdominal. Como antes, um outro médico consultado já me havia solicitado esses exames e não indicava a sangria. Assim, por falta de tempo de ir para lá e para cá, não fui mais a nenhum deles. Só agora, passados 2 anos da 1a consulta é que, por minha conta, solicitei a um amigo médico urologista a repetição dos exames de sangue e urina. Bem, fiquei feliz ao constatar que todas as taxas estavam normais, glicose, colesterol, triglicerídios, ácido úrico e PSA, no entanto as Taxa de Ferritina subiu mais ainda, ou seja, dos 2.400 do ano passado, passou para 2.780.
    Face a isto, bem preocupado, hoje tive a felicidade de ler a sua explanação e, assim sendo, criei coragem para procurar um especialista na próxima semana. Em síntese, tenho 66 anos, sou hipertenso controlado e, não fosse um leve cansaço nas pernas e a deformação de parte dos dedos das mãos(artrose profissional ?), a qual não me incomoda tanto, poderia dizer que gozo de uma boa saúde, sem limitações, por enquanto, para nada. Como proceder doravante ?

  23. Parabéns Dr. Leandro pelo seu interesse em ajudar pessoas c/disfunções em órgãos ver uma luz no fim do túnel, o que não acontece c/mts profissionais que, guardam a 7 chaves seus conhecimentos, ou por não existirem, ou por não perderem a boquinha de tornarem seus pacientes altamente dependentes de suas orientações, não se lembrando que o maior sucesso de um bom profissional é o boca a boca. Adorei suas informações, provavelmente indiquem-me à uma questão de hereditariedade familiar. deixei meu e-mail, pois desejo qdo for possível falar c/vc, principalmente depois de ouvir de um dr. prof. hepatologista que 408mg de ferritina associade a uma esteatose leve e alteração de ácido úrico p/7,8 e pré-diabética, não mata ninguém . Muiiito obrigada dr., gde ser do bem. Que Deus continui iluminando-o. Célia da Graça (prof de química).

  24. Muito bom Dr. os seus esclarecimentos foram realmente esclarecedores, eu tenho 58 anos o meus exames recentes apontam a saturação da transferrina 49,0% e a ferratina em 545,50 e a vitamina B12 em 170,0. O que o Dr. pode falar sobre isso, seria necessário fazer alguns exames mais aprofundados com relação a doenças mais graves?

    • Desculpe, Maurício, me intrometer. Sei que o Dr. Leandro deve ter lhe orientado, também adorei a aula sobre Ferritina. Mas é que meu filho contraiu Hepatite C provavelmente quando nasceu, através de plasma sanguíneo, hoje ele tem 38 anos e descobriu em exames de rotina. Por ser uma doença assintomática, cronificou. Se você ainda não fez, peça ao seu médico para fazer o exame, é melhor pecar pelo excesso que pela falta.

  25. Boa noite Dr. Leandro, lí este estudo feito e como valeu a pena as explicações. Deus só poderá lhe abençoar cada vez, por estar ajudando a tantas pessoas q precisam entender esse assunto. Gostaria de acompanha-lo principalmente com relação a ferritina, pois tenho dois casos na família e só agora lendo suas explicações ficamos um pouco aliviadas e seguras de como agir. Obrigada e uma ótima noite. Parabéns!

  26. Parabéns pela matéria, está ótima! Minha mae está com anemia (ferropriva) mas com a ferritina elevada e encontra-se fraca sentindo cansaço e as vezes ofegante ao respirar quando esforca. Ao iniciar um tratamento pra osteopenia foi descoberta este quadro há 3 meses atrás. Desde então foram feitos vários exames e nada está justificando esta anemia. O que ela tem de anormal é um hemangioma no figado, diverticulose no intestino, e uma leve gastrite que parecem não ser a causa..Tomou ferro venoso e melhorou um pouco a anemia, mas nao resolveu. Ela não tem hemorragia nenhuma, nem sangue oculto nas fezes. Fez sorologia, colonoscopia, endoscopia, tomografia, ecografias , raio-x e nada esta justificando. A ferritina era 900 e neste mes encontra-se 1770, ind saturacotransferrina 13% metabolismo de ferro 23 ug/dl e alteraçoes na proteina c reativa. Isto esta me preocupando muito. Tens alguma ideia de onde eu possa procurar ajuda ? Já fui em gastro, hepato, procto, geral, e agora ela está com acompanhamento de hematologista que solicitou exames de sangue dentre eles muitos q já foram feitos e que não indicaram nada específico ainda. Estou muito apreensiva e sem direção, se puder nos dar alguma orientação fico muito agradecida.

    Grata.

  27. Ola Dr. estou com ferritina alta 2000 e pré diabete fui ao medico ele me receitou silimalon e cloridrato de metformina 500mg.comecei a tomar ontem pois fiz os exames dia 19.12.2013. estou apavorada.estou fazendo regime por causa do diabetes que estava 159 queria saber se esta certo estes medicamentos se o senhor tiver um tempinho pra me ajudar desde ja agradeço que Deus lhe ilumine sempre.

  28. estou com ferretina alta , o primeiro exame deu 807,7 , depois de 30 dias fiz outro exame e deu 465,0 , fiz um ultrason abdominal total e deu gordura pouca no fígado , estava apavorado até ler suas explicações ! muito obrigado , e que “DEUS” abençoe tua vida e de teus familiares , e também aproveito para te desejar um FELIZ NATAL ! ABRAÇOS

  29. Tenho 45 anos. Em março/2013 minha ferritina apontou 1276 ng/ml e em dezembro/ 2013 apontou 1424 ng/ml. Tenho esteatose hepática desde criança. Não bebo nem fumo. Meu pai e meu irmão fazem a sangria. Acho que terei de fazer também. A matéria foi bastante explicativa. Quanto iniciar meu tratamento informarei o resultado. Obrigado.

  30. Obrigada, por esclarecer as dúvidas que tinha a respeito do assunto. O meu esposo tem ferritina elevada, e com a sua explicação vamos procurar um especialista.
    Obrigada!!!!! Feliz Ano Novo!!!!!

    • Olá doutor, meu marido fez exame e sua ferritina é900 ele não esta muito bem sempre sentindo dor nas pernas nos braços e também esta impotente ele fala que somente fazendo sangria poderia abaixar a ferritina , mas aqui os medico não recomendam ele acha que logo que fz a sangria tudo vai melhor o que o senhor acha

  31. Sou portador de hemacromatose .Pergunto, quanto ao ferro sérico, qual a relação com ferritina? Uma vez que minha ferritina esta em 1700 e o ferro sérico é normal . Abraço e obrigado

  32. Simplesmente Maravilhoso toda sua explicação. Principalmente quando li as causas como também frutose, já que muitos acham um absurdo quando digo para não tomar sucos de fruta achando que é saudável. Pessoas que matam sede com cx e mais cx de sucos industrializados! gostei também do uso da cúrcuma, esse anti-inflamatório poderoso que defendo tanto. Bom, amei todo o conteúdo.

  33. Estou com 800 a dois meses atras, fiz sabado outro exame, mais tive uma intoxicação na quarta, isso provavelmente alterou pois ela foi a 2.678.
    Mais de qualquer forma, obrigado pelos esclarecimentos, estou mais tranquilo e estou sendo acompanhado, vamos ver o resultado da resonancia, pois não é hereditario.
    Antonio

  34. Olá Dr. Leandro,

    Gostei muito das suas explicações a respeito da ferritina. A minha dá constantemente baixa, no último exame que fiz estava 8ng/ml… Estou tomando Combiron Fólico em meses alternados porque ele altera o funcionamento do meu intestino…Gostaria de uma explicação sobre as implicações de taxas baixas de ferritina. Obrigada!

  35. O excesso de ferritina assusta realmente o portador, pois ele logo pensa, que irá ter de parar, de comer tudo aquilo que ele mais gosta. Mas, como o senhor mesmo explicou, isso não é necessário em alguns casos. Porém, com a calamidade que nos deparamos, na saúde pública brasileira e meio que impossível, não parar de comer os alimentos que possuam ferro.

    E isso, só acontece, devido os próprios médicos, não fazerem uma indicação sensata, dos próximos passos que devemos tomar, para que isso não aconteça. Eles sempre tentam optar, pelo método mais fácil e prático, que é fechar a boca e comer somente aquilo, que não possui o tal malefício, no caso o ferro.

    Outro detalhe que quase ninguém sabia, e que o senhor também abordou, foi a questão, dos médicos que estão cuidando do caso ou até mesmo atendentes laboratoriais, não perguntarem aos seus pacientes, se estão fazendo o uso de medicamentos ou se estão doente, com sintomas de alguma coisa. Se eles perguntassem isso, não só facilitaria para gente como para eles.

    E novamente outro detalhe, que ninguém ressalta, a perda de produção da testosterona. Se analisarmos, logo iremos perceber, que uma boa parte dos exames desse gênero, são realizados pelos homens, pelo simples fato deles, consumirem mais alimentos e produtos que possuem a ferritina. E novamente, vamos encontrar o descaso médico, pois boa parte deles, não contam esses detalhes ao seus pacientes. O que por sua vez não é nada agradável.

    E por fim, o que mais chama a atenção da gente. Que é saber, que não são somente os alimentos que comemos, que causa a maioria das doenças. É sim, a junção do mineral, hormônio, frutose e de mais partículas, estão envolvidas nesse meio.

    Enfim, gostei muito da sua matéria,ela retirou boa parte das minhas dúvidas. Porém, lendo outras matérias consegui adquirir mais algumas duvidas. E gostaria que o senhor me respondesse, se puder.

    Nesse site http://www.dicasfree.com/ferritina-valores-de-referencia/ , conseguir boas informações, sobre as doenças, como analisar o exame e também uma explicação sobre o que ela realmente é.

    Porém fiqueis com algumas dúvidas. Nele, eles falam que ela é uma proteína.
    Logo sabemos, que ela é importante para o nosso organismo. No caso, se eu comer vários alimentos ricos em proteína, o meu nível de ferritina, corre o risco de subir mais?

  36. Muito boa as explicações, hoje tenho via uma ultrasonografia o diagnóstico de Gordura no Fígado que estaria compatível com o aumento da minha Taxa de Ferretina que deu 425, mas já estou me tratando devidamente com um médico especialista em Fígado e espero que possa ter sucesso e melhorar o mais rápido possível. Abs a todos

  37. Estava com esteatose leve e a ferritina = 951 e o TGP e TGO alterados, a médica (gastro) me indicou um tratamento de esteatose e dieta, com um mês de tratamento o TGO está normal = 35 e o TGP está em 100, as transaminases baixaram muito. Só que a médica hematologista acha que eu deveria ter feito a biopsia do fígado, para ver que tipo de inflamação eu tenho. E acontece que a médica gastro, diz que se baixar as taxas eu só tenho que acompanhar porque ela acha desperdício fazer uma biopsia para no final comprovar que estou com esteatose leve. Este artigo me tirou muitas dúvidas e me aliviou o coração, mas continuo com a dúvida, se devo ou não fazer a biopsia. As transaminases estão baixando e estou esperando o resultado da ferritina. Que devo fazer?
    Grata.
    Elza Melo

    • Bom dia, Eu sugiro esperar as medidas fazerem mais efeitos e aguardar para fazer a biópsia. Há a possibilidade, se necessário, de fazer uma ressonancia de fígado com a técnica especial para detectar excesso de ferro. abracos, Leandro

  38. Olá Dr. Leandro,

    Agradeço a sua singela esplanação a respeito desta doença que assusta muita gente nos dias de hoje e que nem sempre é tão bem explicado ao paciente como foi pelo senhor, parabéns e digo que o Brasil esta realmente precisando de mais médicos com o entendimento e interesse para saude publica como o senhor.

    Atenciosamente.

    Paulo Nunes

  39. Dr. Leandro, boa noite!

    Sou portador de espondilite anquilisante, faço uso de uma medicação biológica chamada remicad (infliximabe) a cada dois meses. Ao fazer os exames para poder tomar a infusão, me assustei com a taxa de ferritina, pois está em 683. Gostaria de saber se o uso dessa medicação pode alterar a taxa. Vale esclarecer que neste mês de janeiro, por está de ferias, andei abusando na alimentação e exagerei no álcool.
    Um forte abraço e que Deus o proteja.

    • Alex, boa noite. A própria doença pode elevar essa taxa, logo, não te esquenta muito com isso. Se a saturação de transferrina vier abaixo de 40%, é final que o ferro não é o problema. Abracos!

  40. Boa noite DR., a sua matéria foi muito legal, parabens. A minha ferritina está em 333 ng/ml, o ligamento do meu joelho está rompido, estou tambem com alergia conforme exame sangue, muito estressado, o meu médico é um horto molecular, devo pedir à ele para fazer novos exames? Abraços, Gilson.

  41. Muito esclarecedora a sua explanação. Qdo descobri a minha ferritina alta, 479,1 fiquei muito nervosa, após outro exame ela estava, 653,3. Fui encaminhada ao hepatologista que me pediu vários exames e biópisias. O resultado foi esteatose hepática. Todos os exames, ginecológocos, colonoscopia,ultrassom e os de sangue estão sem alterações. Comecei com uma dieta orientada por nutricionista. Mas fui super radical, retirei feijão, carnes vermelhas, verduras verdes escuras e frutas que contém vit C. Passei a tomar mate, chá e iogurtes semidesnatado durante e após as refeições. Nos próximos exames, a ferritina foi caindo, cheguei a 407,3. Já no último, foi a 450,8. Fiquei super triste, pois já estava crente que chegaria ao normal. Gostaria de saber se a ferritina poder normalizar e se manter? Se poderei voltar a comer normalmente? Não conseguimos encontrar uma resposta para esta ferritina alta.
    Fiz exames de todas as Hepatites,mutação dos gens da hemacromatose,saturação da transferrina, enfim, acho que já esgotei todos os exames. Isto está sendo feito de 2 em 2 meses. Agora vou fazer endoscopia.Não tenho indicação de nenhuma inflamação. Ficarei neta luta até o fim da vida? Só fiz exame da ferritina, porque o meu cabelo estava caindo muito. Obrigada por abordar este assunto.

    • Boa noite, Lia. A própria esteatose hepática eleva a ferritina. Logo, tendo uma causa já definida, não precisa ficar tão angustiada.
      O jeito é eliminar essa esteatose, demora, mas tu consegues. abracos

  42. Boa tarde Dr. Acabei de pegar o resultado de um exame solicitado por uma nutróloga, e encontrei a ferritina em 2643 ng/ml. Tomo Zetsin há uns 5 anos, e antes dele tomava outro há mais uns dez anos para redução de colesterol (eles podem contribuir?). Tomo também zyloric 100mg há uns 5 anos. Em 2009 eu tinha esteatose hepática mas não tratei. Tomo cerveja regularmente. Já marquei médico Gastro para o dia 17. Quais os principais sintomas de ferritina hiper-alta? Tenho 53 anos e algumas dores nas pernas. Grato

      • Diante de meu desespero, o médico da empresa em que trabalho solicitou um exame de ultrassom do abdome (em emergência) para verificar se existem nódulos no fígado e demais órgãos. Peguei o resultado e não apareceu nada grave (apenas esteatose hepática leve). Também por orientação médica, marquei um hematologista para o dia 17 de março. Postarei o desenrolar dos exames/tratamentos aqui, assim que eles forem acontecendo.
        Obs.: parei de beber bebidas alcoólicas e diminui a ingestão de gorduras (perdi 3 kg em uma semana).

        • Dando sequencia ao meu post, fiz pesquisa de gene hemocromatose e deu negativo.
          Em continuação com a dieta, refiz os exames após 2 meses e a ferritina diminuiu para 1000.
          Refiz novamente no final de maio, após emagrecer 9kg desde o início do tratamento, mantendo a dieta e fazendo exercícios em academia, e a ferritina diminuiu novamente para 384,10 ng/mL, estando todos os demais exames dentro da normalidade.
          Estou tomando medicação para gastrite e gordura no fígado.
          Por enquanto é isso.

    • o ideal são 10 a 12 hs de jejum antes da realizazao dos exames. O sintomas da elevação da ferritina dependem da causa. as dores nas pernas podem ser do zetsim.
      abraços e bom tratamento!

  43. Olá Dr. Leandro!

    Fiz um exame de sangue e minha ferritina está 146 ng/ml / Proteína C reativa 2,7 mg/L. Meu médico é ortomolecular e disse que meu corpo não está metabolizando direito o ferro no meu corpo e que este está oxidando. Esta oxidação por sua vez causa envelhecimento precoce, e disse que essa é a causa da maioria dos meus problemas, como fadiga, onicomicose e intestino preguiçoso. Tenho 30 anos, mas com base nesse exame ele disse que minha idade biológica passa dos 50!! Fiquei confusa, esse nível de ferritina não estaria dentro da normalidade? Ou está alto mesmo? Devo me preocupar e investigar melhor? Desde já agradeço!

  44. Dr. Leandro, bom dia. Sua mensagem, seus esclarecimentos são de uma ajuda singular. Normalmente nos deparamos com explicações mais pro científico do que para o entendimento do homem comum. De já quero agradecê-lo por ter tido a oportunidade de lê-lo, ter me esclarecido sobre essa patologia – ferritina.

    Em novembro de 2012, consultei um médico, também muito elucidativo, com especialidade em medicina ortomolecular pois quero, sem dúvida, envelhecer mais e com mais qualidade de vida. Nos exames que ele me solicitou, foi constatada uma dosagem de ferritina na ordem de 627 ng/ml, ao passo que o ferro, propriamente, na ordem de 93 ug/dl. Os demais exames, segundo o médico, dentro da normalidade. Na ocasião ele me recomendou consultar um colega especialista em hematologia, o que, confesso, não dei muita importância. Todavia, em janeiro de 2014, ao voltar à consulta, novos exames foram solicitados e novamente a ferritina presente, desta feita na ordem de 823.0 ng/ml, ao passo que o ferro baixou para 81 ug/ml, mantendo-se o mesmo resultado para os demais exames: dentro da normalidade.. Corri para a hematologista e assustei-me com as explicações, inclusive que essa ferritina pode ser de algum defeito genético. O diagnóstico dela foi hemosiderose (E83). Me foram solicitados outros exames, como ressonância magnética de abdome superior, sem contrate, para mensurar “UIC”, salvo engano, bem assim hemograma completo entre outros, novamente ferritina, ferro e mutação HFE p/ hemosiderose/hemociomatose C2824, H63A e S65C. Prezado Dr. Leandro,pergunto: meu quadro, ao que parece, é considerado grave? Quero adiantar que quando fui ao ortomolecular pela primeira vez em 2012, passava por uma crise extremamente grave de depressão efetivamente diagnosticada e sob tratamento com antidepressivos com a resistência baixíssima quando cheguei a perder de 10 a 12 quilos de masa corporal. Outrossim, também vi no seu Blog, que a dosagem desse elemento, a ferritina, ente 300 a 1000 não pode ser considerada alarmante. O que o senhor pode me dizer a respeito? Na ocasião também passei por cirurgias de implante de osso para implante dentário, artrite no joelho, seguidas inflamações do sinus, etc. Antecipadamente meus agradecimentos pelo seu tempo atenção e meus singelos parabéns pela iniciativa, pela matéria muito esclarecedora para todos com ou sem o excesso de ferro que esta vida moderna nos proporciona.

  45. Boa tarde Dr. Leandro!
    Quero parabenizá-lo pelo excelente artigo . As informações estão muito claras e precisas. Sou nutricionista e percebo que cada vez mais pacientes apresentam os níveis de ferritina elevada, principalmente homens. Oriento quanto a alimentação equilibrada e necessidade de avaliar as reais causas dessa alterações com o diagnóstico médico. Porém acho importante ressaltar a importância de que esse paciente seja também encaminhado aos cuidados nutricionais. Você concorda que um trabalho em conjunto surti resultados muito mais positivos? Admiro seu trabalho e inclusive temos pacientes em comum. Mas fiquei entristecida de o profissional da nutrição não ser mencionado no seu artigo. Nutricionista Marisete Baldi- CRN² 3798

    • bom dia, Marisete! Agradeço o incentivo e farei as correções sugeridas. tentei deixar bem claro inclusive os caminhos nutricionais para que tanto médicos quanto pacientes e nutricionistas busquem um norte.
      abraços,leandor

  46. Parabéns por ter feito um texto tão completo e instrutivo. Hoje é fato que as pessoas procuram na internet informações sobre suas doenças e males e nem sempre podemos contar com material de tamanha qualidade, esclarecedor e sério como o que hora lí. Parabéns e que Deus o ilumine para continuar esse trabalho que certamente está ajudando muitas pessoas.

  47. Boa noite Dr. Leandro,

    Tenho 45 anos e há 1 ano e meio atrás fiz o teste genético para as mutações C282Y e H63D pois minha ferritina havia dado 478 microg/L , o resultado foi que tenho hemocromatose hereditária.
    Nesse 1 ano e meio, por indicação do meu ex medico, fiz somente uma sangria e entrei numa dieta radical, parei de comer carne, feijão e todos os alimentos que continham muito ferro, após a sangria fiquei só na dieta e fui monitorando minha ferritina a cada 3 meses e os resultados não foram muito satisfatórios, segue abaixo os resultados desde o primeiro exame:
    Antes da sangria
    09/08/2012 – 478 microg/L
    Após sangria
    01/09/2012 – 347 microg/L
    30/11/2012 – 351 microg/L
    04/02/2013 – 369 microg/L
    Ao invés da ferritina abaixar, ela subia pouco a pouco, mesmo com a dieta. Fiz também algumas ressonâncias, duas de abdômen, uma a cada 6 meses (figado, pâncreas e etc) que deu tudo ok, só uma pequena concentração de ferro no figado, nada assustador pela orientação do meu medico. Fiz uma ressonância do coração, que também não deu nada, o coração está perfeito.
    Como a minha ferritina não abaixava e meu medico ser contra eu fazer mais sangrias e só me recomendava a dieta, resolvi procurar outro profissional.
    3 meses antes dessa nova consulta, voltei a comer carne mais de 4 vezes por semana.
    A minha nova medica me solicitou novos exames, qual foi a minha surpresa, pela primeira vez a ferritina abaixou 338 microg/L depois do ultimo exame feito em 4/02/2013, porém, um exame em especial que nunca havia feito, o de HOMOCISTEINA, plasma me deixou preocupado, pois o resultado foi 53,6 micromoles/L, sendo que os valores de referência são 5,0 a 14,0 micromoles/L e Desejável: inferior a 10 micromoles/L.
    Andei lendo sobre o assunto e fiquei muito assustado, pois todas as matérias diziam que pessoas com níveis altos de homocisteína correm um risco maior de ter doença cardíaca, inclusive risco de infarto e AVC.
    Tenho retorno com a minha hematologista no dia 27, porém, como peguei o resultado hoje, estou muito preocupado e gostaria de tirar algumas dúvidas antes da minha consulta que está um pouco distante.
    Todos os exames de colesterol e triglicerides estão muito bons,
    HDL-COLESTEROL, soro 39 mg/dL
    LDL-COLESTEROL, soro 101 mg/dL
    VLDL-COLESTEROL, soro 16 mg/dL
    COLESTEROL TOTAL, soro 156 mg/dL
    TRIGLICERIDES, soro 79 mg/dL.
    Outros exame que eu vi que são relacionados são:
    ACIDO FOLICO, soro 4,5 ng/mL
    VITAMINA B-12, soro 391 ng/L.

    As minhas dúvidas são as seguintes:

    1ª pergunta: Sei que a homocisteina pode dar problema no coração mesmo com os níveis de colesterol dentro da normalidade, mas mesmo eu tendo feito ergometrica, eletrocardiograma, ecocardiograma e ressonância magnética do coração há 1 ano atrás e todos esses exames foram muito bons, sem nenhum problema, posso estar correndo o risco de um problema cardíaco ou derrame cerebral?
    2ª Pergunta: Li também que geralmente quando o homocisteina está alta, os niveis de vitamina B12 e acido fólico são baixos, no caso da B12 está normal e o acido fólico no limítrofe baixo, eu posso fazer sangria sendo que talvez eu precise aumentar o acido fólico?
    3ª Pergunta: Existe algum outro motivo para a homocisteina estar alta?
    4ª Pergunta: Tem como abaixar a homocisteina?
    5ª Pergunta: mesmo abaixando a homocisteina, as minhas coronárias podem já estar comprometidas?
    6ª Pergunta: Devo procurar um cardiologista antes mesmo de retornar a minha consulta com a minha médica?

    Agradeço muito se puder tirar essas minhas dúvidas.

    • Dr. Leandro, Bom dia!
      Gostaria de perguntar também, se tomar suplemento de vitaminas e minerais CENTRUM, pode melhorar esse meu cansaço? Ou seria contraindicado?
      Esqueci de comentar também que não faço uso de nenhum medicamento e nem bebida alcoólica, mas tomo muito cafezinho com adoçante, e sou fumante! Ultimamente perdi peso, 7kg em dois meses entretanto estou inchada e retendo líquidos…além disso estou com pouca musculatura nos braços e pernas.(constatado pelo Dr. que fez o Ecodoppler), somente varizes reticulares e veias colaterais superficiais. Além de olheiras, pele escamada e lábios sem cor. Agradecida! Lia

  48. Dr. o Sr. teria em Porto Alegre algum conhecido que seja também especialista no assunto e aceite o convênio médico da Cabergs? Gostaria de consultar com o Sr., porém acho que o Sr. não aceita este convênio…
    Meu médico está me pedindo a sangria, porém sem antes fazer os exames detalhados que o Sr. menciona na matéria.
    Meus exames estão todos ótimos, com exceção da ferritina (630mg/ml) e do ácido úrico (8,0). Também possuo pressão alta por estar acima do peso e já ter histórico familiar. Podes me ajudar?

  49. Gostaria de algumas informações de sua parte, dr. Leandro. Sou portadora de sindrome falcemica e preciso me submeter a transfusões de sangue a cada 3 meses mais ou menos, recebendo somente o concentrado de hemacias. Ha 4 anos venho tentando baixar a taxa de ferritina que chegou a 6.000. Hoje está em 4.400. Acabei de ser submetida a retirada de um cancer de mama em estagio inicial, precisando passar por sessões de radioterapia. Como faço para baixar a taxa de ferro no fígado, sendo que não posso deixar de realizar as tansfusões e sem poder fazer uma dieta com restrições de alguns alimentos? Ja consultei nutricionistas que, na dúvida do que fazer, não me ajudam em nada. Por favor, se possivel, me esclareça o que é mais viável para controlar essa ferritina elevada. Obrigada

    • Boa noite, Marcia
      existem medicações via oral para esses casos. mas dai eh via SUS: Deferasirox (Exjade), Deferiprone (Ferriprox) e Deferoxamine (Desferal).
      sugiro consultar um hematologista.
      abracos

  50. Muito esclarecedor e tranquilizador. Quando a gente vê a Ferritina alta dá um desespero e antes mesmo de levar o exame ao médico, busca informação sobre esse mal, e vc Dr., explicou muito bem.
    Obrigado.

  51. Faço questão de deixar registrado o prazer em poder ler uma explicação tão simples e clara sobre o assunto ferritina alta. Hoje em dia, os médicos nos passam resultados de consultas e exames usando termos técnicos como se fossemos colegas de profissão… meio complicado; dei início, no ano passado, 2013, a uma série de exames em busca de resposta p/ sintomas nem sempre diagnosticados diante de tantas especialidades e, portanto, buscas inúteis. Por incrível que pareça, após assistir, pela tv, ao programa SEM CENSURA, programa sério e comprometido com os ouvintes e que sempre convida p/ entrevistas, excelentes profissionais de todas as áreas da medicina, entre outros e entre eles lá estava um hematologista dizendo da importância de consultar um profissional da área ; fiz a consulta e após o pedido de vários exames foi detectado a ferritina alta, talvez em consequência das

    txs. de tgo. tgp,, e gama gt estarem muito alteradas bem como as txs. da tireóide ( tenho hipo . e estava com processo (?) de HIPER. Estou fazendo os ajustes em todas elas ( com um hepato e endócrino) que não me esclareceram sobre o assunto que agora leio, nem o que poderia ter alterado minhas txs., já que fiz exames de vários tipos de hepatites, dengue, entre outros e o resultado foi negativo. Fico c/ a sensação de que posso, se não sei o motivo, dar continuidade aos problemas encontrados, ( falaram em virose) concorda ?.
    Agradeço e torço pra que tenhamos mais profissionais que se sensibilizem com seus pacientes assim como o sr. faz, dr. Leandro. Parabéns.

  52. Dr. Eu fiz exame de sangue e deu ferritina alta, e talassemia, eu tenho muita dor nos joelhos, cotovelos e munheca (punho), nao descobriram o que está causando estas dores, me limita alguns exercicios, como agachar, curvar a perna,…. Eu gostaria de saber se tem alguma relaçao com essa doença…Obrigada

    • Alcimar L. De Almeida em 11 de Fevereiro de 2014 às 12:42 disse:
      Dr. Leandro, bom dia. Sua mensagem, seus esclarecimentos são de uma ajuda singular. Normalmente nos deparamos com explicações mais pro científico do que para o entendimento do homem comum. De já quero agradecê-lo por ter tido a oportunidade de lê-lo, ter me esclarecido sobre essa patologia – ferritina.

      Em novembro de 2012, consultei um médico, também muito elucidativo, com especialidade em medicina ortomolecular pois quero, sem dúvida, envelhecer mais e com mais qualidade de vida. Nos exames que ele me solicitou, foi constatada uma dosagem de ferritina na ordem de 627 ng/ml, ao passo que o ferro, propriamente, na ordem de 93 ug/dl. Os demais exames, segundo o médico, dentro da normalidade. Na ocasião ele me recomendou consultar um colega especialista em hematologia, o que, confesso, não dei muita importância. Todavia, em janeiro de 2014, ao voltar à consulta, novos exames foram solicitados e novamente a ferritina presente, desta feita na ordem de 823.0 ng/ml, ao passo que o ferro baixou para 81 ug/ml, mantendo-se o mesmo resultado para os demais exames: dentro da normalidade.. Corri para a hematologista e assustei-me com as explicações, inclusive que essa ferritina pode ser de algum defeito genético. O diagnóstico dela foi hemosiderose (E83). Me foram solicitados outros exames, como ressonância magnética de abdome superior, sem contrate, para mensurar “UIC”, salvo engano, bem assim hemograma completo entre outros, novamente ferritina, ferro e mutação HFE p/ hemosiderose/hemociomatose C2824, H63A e S65C. Prezado Dr. Leandro,pergunto: meu quadro, ao que parece, é considerado grave? Quero adiantar que quando fui ao ortomolecular pela primeira vez em 2012, passava por uma crise extremamente grave de depressão efetivamente diagnosticada e sob tratamento com antidepressivos com a resistência baixíssima quando cheguei a perder de 10 a 12 quilos de masa corporal. Outrossim, também vi no seu Blog, que a dosagem desse elemento, a ferritina, ente 300 a 1000 não pode ser considerada alarmante. O que o senhor pode me dizer a respeito? Na ocasião também passei por cirurgias de implante de osso para implante dentário, artrite no joelho, seguidas inflamações do sinus, etc. Antecipadamente meus agradecimentos pelo seu tempo atenção e meus singelos parabéns pela iniciativa, pela matéria muito esclarecedora para todos com ou sem o excesso de ferro que esta vida moderna nos proporciona.

      Reply ↓

  53. Adorei sua facilidade de explicar as coisas com muita clareza. A simplicidade é o s
    seu forte, sua maneira de ser é fantástica e gostosa de ler, prende o leitor. Que tal escrever livros? Pense nisso ,serei sua leitora numero 1 (hum). Abraço Socorro Teles.

  54. Parabéns Doutor. Muito elucidativa a sua explanação. Sou do Estado de MS e devido a alguns sintomas gerais, procurei uma endocrinologista, a qual solicitou-me vários exames, onde um deles, apontou um nível de ferritina na ordem de 1.435,9 ng/ml. Em seguida, fui encaminhado ao meu gastro, que me pediu para repetir o exame entre outros, porém já me adiantou que possivelmente a solução seria a sangria. Fiquei muito preocupado e comecei a procurar informações. Não encontrei outra tão completa quanto a sua. Estou agradecido.
    Deus o abençoe.
    Aldo

  55. Dr.Leandro, nunca tive nenhuma doença…
    Faz um mês comecei a ter caibra nas pernas, falta de ar, tonturas, dores de cabeça, irritabilidade, tristeza, sono e muito, muito cansaço.
    Já procurei um médico de varizes, que me mandou procurar um cardiologista ou endocrinologista. Agora estou aguardando os resultados de TODOS os exames, mas só devo retornar a médica no final do mês de março. Então procurei valores de referência para ferritina pois o resultado foi de 234, quando o normal diz que é de até 155, então li todos seus esclarecimentos sobre o assunto. Não sei que especialidade devo procurar para todo esse cansaço. Tenho 48 anos e fiz histerectomia em 2011, isso pode alterar os valores de ferro no organismo? T4 1,1…TSH 1,6…glicose 90…VLDC 21…HDL 48…LDL 124, TOTAL 193…TRIGLICÍDEOS 103, ESTRADIOL 2,5. Não sei se posso estar com problemas de Hipo ou Hipertireoidismo. Outros exames ainda não tenho resultados. Não vou conseguir aguentar até a consulta médica. Já fui duas vezes na emergência só medem a pressão e aplicam Ebuprofeno, também estou com a pressão alta 188/97. Moro no Rio Grande do sul, não gosto muito de carne, nem de feijão…tenho intolerância a lactose. Adorei seus esclarecimentos e sua paixão pelo que faz, assim deveriam ser todos os médicos! Abraços Lia

  56. Doutor,
    Muito explicito o seu texto. Grato pela oportunidade,,,
    Estou com a Ferritina alta, acho que proximo ao milhar, já repeti o exame por solicitação médica. fiz ressonância do abdomen, e tenho colesterol alto (tomo crestor5mg), pressão normal, e não sou obeso (imc=+ou- 26) e tenho 62anos. Pelo que pude observar e ouvir da médica, estarei fazendo a drenagem de sangue…o que podes sugerir de diferente?

  57. Boa tarde Doutor Leandro!

    Tenho 40 anos, fiz exame de Ferritina e deu valor = 550,40, seria motivo para procurar um especialista, trabalho na maioria do tempo em pé, sinto cansaço nas pernas, minhas mãos e pés são ásperos (ressecados); será que tem algo relacionada a ferritina?

  58. Parabéns Dr. Leandro!
    Essa matéria é elucidativa, responde a muitas perguntas que tinha a respeito do assunto. Retorno a clínica geral na próxima semana para uma avaliação do meu caso com mais conhecimento do assunto.
    Grato.

  59. Boa noite,
    A minha ferratina, do me marido Dosagem 618 microg/l , ele tem gordura no fígado o resultado deu moderado.
    Estes são os resultados:
    CA-125, soro -6,3 U/mL Até 35 U/mL
    PSA Total: 0,61 ng/mL vide nota 1
    CA 19-9, soro 5,1 U/mL Até 37 U/mL
    Ferritina 618 microg/L Sexo Masculino: de 36 a 262 microg/L
    Doutor o senhor pode me dizer qual o 1º passo.
    Ele não tem colesterol alto , diabete e nem triguiseres .
    O senhor pode dar uma opinião, pois o médico dele esta viajando e volta só daqui 1 mês.
    Muito obrigada por tudo o senhor esta de parabéns pela sua explicação.

  60. Fiz alguns exames após ter um processo alérgico no qual acusou no resultado 552 microg/L (FERRITINA, soro). Sou diabético e controlo a mesma com Metiformina 850mg três vezes ao dia. Li no seu artigo que pode a Ferritina alta ter a ver com a diabetes e algum processo infeccioso pois tive uma séria alergia.
    Gostaria de saber se pode haver alguma relação com o que citei acima.
    Abraços.
    Volnei Ruiz Pereira
    Porto Alegre/RS.

  61. Dr Leandro,tenho 50 anos,altura 1,76 peso 74 kg ,minha ferritina em 10 / 2013 estava 690 e agora em 3/2014 estava em 713, tenho gastrite a 5 anos e tratei com severidade a 20 dias, creio que matei a tal H-pilory e todos efeitos da ferritina alta eu tenho,perdi 4 kg, a testosterona está em 2,7, tenho cansaço dores abdominais baixa libido, etc… Gostaria de saber qual médico pode descobrir realmente a origem do problema pois meu hematologista pediu 3 sangrias mensais de 500 ml começarei esta semana, Tenho que ir ao Gastro, endocrinologista, hepatologista, nutricionista por favor me oriente para que eu trate a origem do problema mesmo que tenha que controlar a ferritina por hora quero me ver livre desta alteração, desde de já agradeço pela caridade praticada a todos um abraço, Luiz

  62. Dr seu esclarecimento foi muito bom estou mais tranquilo com meus exames inclusive sobre ferrtina sei que devo tomar cuidados ,inclusive sempre digo que Deus deu a inteligencia aos homens e uns estudam para nos ajudar na saude nos curando de males sempre acho que pessoas como o senhor são anjos da guarda que Deus manda para nos ajudar ok um abraç

  63. Dr Leandro, meus agradecimentos pela sua valiosa contribuição.
    estou com Anemia Aguda, nos inúmeros hemogramas que fiz durante dois anos, as hemácias estão abaixo de 3, geralmente em torno de 1.9 a 2.8. as hemoglobinas varia entre 4 e 7 no máximo. os Leucócitos entre 1.200 a 3.000, as plaquetas desceram para menos de 60.000, nesses dois anos o máximo que elevei foi para 53.000, faço transfusão quase semanalmente e quando facilito elas descem e já chegou a menos de 1.000 Plaquetas, minha ferritina está alterada subiu a mais de 2.800. não fiz ainda esse exame sugerido (Saturação de transferrina) vou sugeri ao meu médico. na semana passada fiz Ultra-sonografia e figado, baço,rins,vesícula não apresentaram nenhuma anomalia, caso não fosse um tal de “fogo Selvagem” que se hospedou abaixo do peito esquerdo e deu seguimento pela esquerda até a lombar, eu diria que não sou doente, pois, quando me sinto fraco ou com as plaquetas abaixo de 10.000, tomo uma carga e fico renovado por mais ou menos duas semanas e que olha pra mim não acredita que estou com problemas. fiz três biopsias e um Mielograma os diagnósticos são unanimes: APLASIA MEDULAR, embora a medula não apresente nenhum sintoma de inflamação. tenho 57 anos de idade, já fiz quase 100 transfusões de sangue, recebi mais de 100 bolsas de sangue e do mesmo tanto de plaquetas.
    Se não for incomodá-lo por demais, gostaria de um parecer sábio e experiente sobre o caso em tela.
    Meus agradecimentos e um forte abraço.
    Jonaéliton.

  64. Boa tarde

    Muito esclarecedor seu blog. Minha ferrtina está relacionada a uma gastrite moderada(inflamação) com anemia leve. Há um ano tive um apagão. Meu médico me receitou combiron com associações para combater ferritina , para gastrite lanzoprazol e sinvascor por sete meses. . Está correto quanto a ferritina?
    Ferritina em: 2011- 228 e 199 – 2013 349 e 2014/março 267 .

  65. Obrigada doutor, pela maneira fácil de entender que colocou o problema !
    Muito instrutiva suas dicas de alimentação e a seriedade que nos leva a ter, diante da necessidade, de consultar um profissional , e levar a saúde a sério !

  66. Dr. Leandro tenho uma duvida e gostaria que o dr. me esclarecesse , gostaria de saber se o exsesso de ferritina no homem interfere em ter filhos? obrigada

  67. EXCELENTE ARTIGO!!!!!!!!!
    Acabo de voltar de uma consulta a um gastro com todas essas dúvidas e correlações entre alta ferritina, gama gt, triglicerídeos e baixa vitamina D, apesar de permanente dieta, uso de lipitor, etc…
    E encontro a maioria das causas claramente expostas!!!
    Pena que não tem consultório em Curitiba…
    Parabéns pela abordagem objetiva e coerente.

  68. Li tudo sobre a FERRITINA E TRANSFERRINA.Gostei do tema e das orientações, tenho algumas dúvidas, mas vou reler para melhor compreensão. Novas indicações gostaria de receber no meu E-mail. Obrigada. Ir. Ignez.

  69. Estou preocupado ao ler o resultado do exame de sangue, ao ver que a Ferritina esta muito alta, pela primeira vez, hoje estou mas tranquilo ao ler este comentário do Dr. Leandro, marquei uma consulta com um hepatologista. para tirar minhas dúvidas. obg. Dr. Leandro, que DEUS TE ABENÇOE POR TODA SUA VIDA. AMÉM!!

  70. Parabéns pelas explicações, de forma simples e clara.
    Sou enfermeira aposentada e com frequência sou abordada por pessoas com dúvidas e na maioria das vezes preocupadas com a tal ferritina, que ultimamente se ouve comentar.
    Agora poderei ajudá-las, como o sr diz: calma e sugerir que va por etapas com o resultado ate a obtençao de um resultado seguro fornecido por um profissional capacitado

    Obrigada.

  71. Drº Leandro,
    obrigado pelos esclarecimentos. Irei fazer a cirurgia Bariátrica, e o resultado de minha Ferretina foi de 693,3. Também constou alterações no fígado(gordura). Terei consulta com meu Gastro. Mas isso sempre preocupa, gostaria de saber essas situações nos pacientes submetidos a essa cirurgia.

    Até mais.

  72. Caro Drº Leandro muito obrigado pelos ensinamentos simples de compreensão. Agora estou aliviado com os conhecimentos passados. Tenho 49 anos, sou diabético há mais de 10 anos e mantenho um controle razoável com os níveis de açucares, gordura ruim e outros componentes químicos decorrentes desta doença. Recentemente fiz os exames regulares e a feretina esta em 1006, fiquei assustado e de imediato meu médico indicou dieta Para diminuir as reservas de ferro do organismo podemos lançar mão das seguintes medidas para reduzir a absorção do ferro: dieta à base de chá-mate, café, gema do ovo, leite e derivados, cálcio em grandes doses, fosfatos, proteínas da soja, cereais, vegetais, fibras, anti-ácidos e por fim a sangria. Ao chegar no Hemocentro fui orientado pelo médico a solicitar um relatório detalhado da necessidade de se fazer a sagria com base nos exames já realizados. A pergunta é porque o Médico do Hemocentro solicitou mais detalhamento do problema ao meu Cardiologista para fazer a sangria, não aceitando o receituário de encaminhamento que dizia: ” Realizar sangria (flebotomia terapêutica) com a retirada de 500 ml de sangue, de 15 em 15 dias, durante dois meses”? O que esta acontecendo?
    Antonio.

  73. Dr. Leandro, foi muito esclarecedor o seu artigo. Por certo honrou e enobreceu a sua nobre profissão. Linguagem simples e direto, apropriado para leigos como eu. Texto redigido por quem ama a medicina e se preocupa com as pessoas, anônimas, aos quais procura esclarecer e orientar. Muito obrigado.

  74. Bom dia Dr Leandro,
    Sou nutriconista e acabei de atender uma paciente qe apresentou a ferritina um pouco aumentada (203,2). Ela me disse já ter tido anemia antes, então solicitei hemograma completo (níveis nomais de HB e Ht), ferritina, ferro sérico (125) e transferrina (264). O AST e ALT estão normais (ambos com valor de 32), porém próximos do limite máximo. O exame de urina apresentou hematúria (12.000) e leucócitos no limite máximo (20.000), mas a urocultura foi negativa.
    Eu orientei a paciente a procurar um hematologista para fazer uma avaliação mais específica dessa ferritina. A alteração do exame de urina pode estar ligada a esse aumento?
    Muito obrigada!

  75. Dr. Leandro,

    Boa noite,

    Grato pelos esclarecimentos contidos no seu artigo.
    Foi de grande valia para o meu entendimento sobre o assunto.

  76. Boa noite!

    Tenho anemia falciforme e ano passado tive intoxicaçao por ferro tomei deferasirox para baixar o ferro que estava mais de 3000,ele baixou e agora está subindo novamente, já está 560, não como carne vermelha e tento fazer dieta evitando o consumo do ferro mais é tão difícil, pois a maioria contem ferro. Preciso saber o que devo comer para que a ferritina não continue aumentando. Desde já agradeço e aguardo resposta.

  77. Vale lembrar que doenças genética tbm aumentam os níveis de ferritina como por exemplo a Talassemia, que é o caso do meu filho…

  78. Prezado Dr. Leandro, tenho alguns conhecimentos teoricos sobre esse assunto, mas sua pagina me ajudou e rever minha rotina. Obrigada por ajudar as pessoas longe do seu consultorio, mesmo que de forma virtual

  79. Parabéns Dr. Leandro! Um artigo realmente esclarecedor para nós que somos leigos. A nossa internet é muito carente de informações valiosas, como essa tua. Geralmente só encontramos artigos mais esclarecedores escritos em inglês ou produzidos em Portugal. Gostaria muito de ler outros artigos teus.

  80. Prezado Dr. Lenadro, meu marido chegou hoje com resultados de exames onde apareceu a Ferritina elevada (406) e Hepatite B reagente. Ainda não fomos ter maiores explicações do seu médico, mas estamos assustados. Ele tem hepatite B? Será q há alguma degenegação no fígado? Estou angustiada.

  81. Dr. Leonardo. Meu exame deu 874 ng/ml, já consultei uma hematologista que me recomendou os exames referidos no seu texto. Parabenizo pela forma “popular” que você esclarece sobre a ferritina, porém indicando outras fontes para aqueles que quiserem se aprofundar no tema. Suas explicações foram muito úteis.

  82. Dr. Leandro Minozzo, tenho 47 ano e 9 meses, só agora fiz o exame de ferritina, e o resultado foi assustador 1.553,52 ng/ml, faço uso de remédio continuo, Ramipril, qual é a sua recomendação?

  83. Parabnes! Dr. Leandro. Muito obrigado por suas informações.
    Faço tratamento de Hepatiteb com TENOFOVIR a 4 anos. Meus exames de tgo/tgp
    tem dado normal desde o inicio do tratamento. Minha ferretina tem ocilado no inicio do tratamento estava em 560 ja esteve em 280 varia para 350 a 450 me cuido na alimentação. Tenho notado que minha glicose nos ultimos exames esta em 99mg/dl
    Isto pode estar me levendo no futuro a desenvolver diabetes?
    Agradeço se puder me orientar. obrigado.

  84. Boa Noite Dr. Há um caso na minha família, (mas detalhado no meu sogro) que a plaqueta dele está a 56 e a ferratina está muito alta, ele possui cirrose hepatica e seu baço está alterado, já procuramos muitos medicos, porém todos chegaram a conclusão que ele não pode fazer nenhum tratamento pois não aguentaria e viria a óbto, o sr. teria já visto algo parecido, alguma solução possível ou qualquer coisa que seja semelhante a isso. No aguardo de uma resposta o mais breve,

    Att. Jéssica

  85. Dr.Leandro, parabéns pelo artigo, muito esclarecedor. Estava com 1.200 de ferritina, e fiz 03 sangrias e o nível está em 600′ porém saiu algumas manchas atrás das minhas orelhas e tenho coceiras por todo o corpo e fica a marca. Estou também com hérnia inguinal, nozes dois lados, isto pode ter relação com o nível alterado da ferritina? O sr.atende por convênio médico? Moro em Curitiba e se pudesse gostaria de consultar com o Sr. Ou poderia me indicar um médico aqui em Curitiba. Desde já agradeço sua atenção, Att Marcos

    • Marcos, tudo bem? Minha secretária me avisou da tua ligação. Por favor, encaminhe e-mail com tua história médica e te ajudarei para que seja atendido ai mesmo em Curitiba. Fico honrado com a vontade de vir até aqui, porém, acredito que posso te orientar à distância e deixar teu caso mais claro para algum colega ai. Abracos e boa semana!

  86. Dr. LEANDRO, Muito obrigado pelas informações, estou com a ferritina muito alta (1220),mas ja estou em tratamento com um clínico geral, e vou marcar consulta com um hemato.um abraço, DEUS te abençõe. cicero cristino, Fortaleza.

  87. Tenho 24 anos e tive Hepatite Medicamentosa em 2007 do qual tratei e me recuperei porém minha digestão nunca mais foi a mesma, resolvi fazer exames de sangue e minha ferritina deu 358. É motivo de preocupação?

    Obrigado desde já

  88. Estou encantada com a abordagem do assunto. Meu trabalho de TCC é referente à ferritina elevada: inflamação ou doença hereditária?
    Seria muito grata se pudesse me indicar as referências científicas usadas neste magnífico resumo de todo assunto onde posso embasar minha dissertação .

    Imensamente grata

    Dirce Opolski
    CRN 6546 Paraná

  89. Muito obrigado, pois estava desesperado a ouvir de um profissional do ramo, que deveria parar imediatamente de comer carne,verduras verdes escuras, feijão, bebidas alcoólicas, etc… , pois minha ferritina chegou a 800, fiquei desesperado!

  90. Dr. Leandro, muito grato pelas informações, foram muito esclarecedoras para os meus sintomas, pois venho com as taxas de ferritina elevadas desde 04/2012 (622.0) ; 09/2012 (901.0) ; 04/2013 (782.0) ; 06/2014( 648.0) ng/ml, porém ultimamente tenho tido coceiras por todo o corpo principalmente na cabeça, pescoço e tórax, fato que vem me preocupando bastante. Gostaria de sua orientação sobre que médico devo me consultar com um clínico geral ou um especialista? moro em Recife, e agradeço antecipadamente.

  91. Gostei da informação pois a minha ferritina está um pouco acima do normal e deve ser pela razão da ingestão de bebidas alcóolicas. Gosto de tomar umas cervejas.

  92. eu estou meio preocupado pois meu irmão tem a hemocromatoze e o meu exame deu 879 e o max é 322 vou ter que mudar meus hábito por completo correto.?
    mas gostei muito da explicação

    • Foram muito importante seus esclarecimentos, fiz exame este mês e ainda vou levar ao médico, após suas informações, ficou mais fácil o diálogo com o médico.

      Resultado 470.2 ng/ml , a grosso modo, é alta?

  93. boa noite !
    Dr. minha rerritina esta com 343,50,este valor já tenho que ficar preocupado ou ainda esta esta sobe controle ou já e melhor eu procurar um medico.

  94. Dr. bom dia.
    Fiz exame recente e o resultado de minha ferritina foi 462, porem meu exame de diabetes foi de 78. Será que corro algum risco. e o que devo fazer para diminuir a excesso de ferro no organismo ?

  95. Dr.Leandro, achei muito esclarecedora suas aplicações no caso de ferritina alta, tenho muitas dúvidas, uma delas é sobre inchaço labial.
    Este inchaço toda vez se apresenta com uma gripe, ou um estado emocional mais forte, tanto de tristeza como de alegria…Meu esposo sofre demasiadamente com isso. Ele come exageradamente carne vermelha e gordurosa, isso se aplica a frutas come durante o dia várias qualidades, a alimentação dele é baseada em fast food …pois trabalha na rua, eletricista de rede da Aessul …Muitas vezes sem tempo para comer em um lugar tranquilo e adequado …. por favor me indique qual especialista na área posso consultar …em LAJEADO-RS …
    MUITO AGRADECIDA
    ATT
    MARIA TERESA DIAS

  96. Ando preocupada e não sei mais o que fazer não aguento mais tomar remédio a 1 mês + ou – comecei a perder muito cabelo, ainda não começou os buracos na cabeça mais meu cabelo ficou muito ralinho, para quem tinha excesso de cabelo comecei a entrar em depressão por isso, procurei um medico especialidade em cabelo um (tricologista) caro diga-se de passagem. Ele me solicitou uma bateria de exames que aparecia assim ( ferritina 306,9 – testosterona livre 2 pmol/L – testosterona total 0,03 ng/mL – ferro serico 113 – transferrina 271,0 – tri iodotironina t3 157 – fosfatase alcalina 98,0 – gama-glutamiltransferase 133 U/L
    AST/TGO 78 U/L – ALT /TGP 124 U/L – triglicérides 314 mg/dL – HDL 39 mg/dL
    LDL 167 mg/dL – colesterol total 269 mg/dL – VLDL 63 mg/dL – glicose 100 mg/dL – hemoglobina glicada 6,0 – vitamina D3 19,4 ) e eu não sei a que especialista eu tenho que procurar, levei o exame para o meu ginecologista ele me passou uma bateria de remédios, quer dizer aumentou os remédios e as dosagem fora as dietas, eu não aguento mais… faço dieta tomo remedio e nada baixa pelo contrario fica pior, acho que a depressão vem dai… e cabelo caindo… vocês tem algum medico para me encaminhar que queira ver o meu problema, sei que deve ter gente muito pior que eu, mas eu não queria deixar isso aumentar e ai é que eu não vou mais sair de casa, obrigado pelo desabafo…tenho 49 anos.

    • Boa noite, Márcia.. faltaram os exames de tireoide e vitamina a. Sugiro procurar um dermatologista da sociedade brasileira de dermatologia. abs

  97. Obrigado pela aula e parabéns pela didática nas explicações e alertas.

    Tenho 54 anos, jamais imaginei que algum dia algum exame de sangue meu viesse revelar ferritina = 600. Procurei um hematologista que me indicou novos exames de sangue e ultrason abdominal. Voltarei ao médico no próximo dia 20/08 com os envelopes e agora uma pouco mais de conhecimento sobre o assunto.

    Lendo seu texto vi que a ferritina pode ser consequência de algum processo inflamatório. Coincidência ou não sofri uma queda há um ano, venho convivendo com uma dor na cravícula, fiz um exame de imagem que revelou uma calcificação. Espero que o problema seja este e que tratando da inflamação com remédios e fisioterapias eu me livre desta tal ferritina. Vamos ver o que meu hematologista me recomenda.

    Obrigado e forte abraço.

  98. Muito obrigada pelos esclarecimentos, a minha filha tem 7 anos de idade e ela tem Anemia Falciforme e se encontra com a ferritina alta, estava bem preocupada mais agora com estes esclarecimentos me sinto mais confiante com o tratamento.
    Obrigada que Deus continue te abençoando!

  99. Muito obrigado Doutor, ajudou-me muito, porque hoje (19/08/2014) abri meus exames e quase cai da cadeira por causa da Ferritina Alta (523,9) e seu texto deu uma certa tranquilidade e incentivo a mudar os meus habitos alimentares, mais uma vez, muito obrigado.

  100. Ilustríssimo Sr. Dr. Leonardo Minozzo muito obrigado pelas explicações esclarecedoras sobre o nível elevado de ferritina no organismo, apesar de já estar em consulta com um hematologista mesmo assim fique muito preocupado, mas, as vossas palavras esclarecedoras me tranquilizou, deixando-me mais calmo para esperar o resultado dos exames complementares.
    Meu muito obrigado e que DEUS te abençoe e iluminai tuas sabias palavras.

  101. Um dos melhores sites/blogs sobre o assunto ferritina. Amplamente explicado e detalhado, e ainda tranquilizador… Valeu mesmo!!!

  102. PREZADO DR. LEANDRO

    Muito útil seus esclarecimentos. Parabéns.
    Me ajudou a enfrentar a situação.

    Atenciosamente

    Celi Zulke Taffarel

  103. Dr. Leandro.

    Excelente e esclarecedor o estudo apresentado.
    Embora tenha dito no seu trabalho que de 800 a 1.000 ng/ml, a faixa em que me encontro , não ser tão preocupante, não custa me prevenir, estou marcando um hematologista para fazer um diagnóstico mais acurado e manter o controle periódigo, pois como diz o velho ditado.: Antes prevenir do que remediar”
    Parabéns pelo trabalho e pela contribuição para todos nós.
    Obrigado.

  104. Dr. Leandro, parabéns…. capacidade ilibada, percebo que faz com amor a mais nobre das profissões… Sou obeso e estou com esteatose hepática, bem como a diabetes esta chegando… vou seguir suas recomendações do artigo, e caso nao consiga resolver, certamente entrarei em contato para uma consulta pessoalmente ai em Curitiba… ( estou em São Paulo, minha mãe tratou-se de cirrose com o Dr. Vitorio Kemp, diretor da Santa Casa).

  105. Bom dia Doutor,

    O exame acusou ferritina alta 1100 e mesmo após 03 sangrias ela se manteve em 690 foi solicitado exame de transferrina que apresentou 206mg/dl, tenho 55 anos de idade, este resultado é bom ou ruim

  106. Obrigado pelos esclarecimentos. São de muito boa compreensão!
    Aqui, vivenciamos uma aula perfeita para as dúvidas que tínhamos.
    Deus o abençoe, e aos seus pais que transmitiram a vida para iluminar aos que sofrem !

  107. muito bom suas explicações,doutor eu ja estava , desesperada pois só assim eu poço
    assimilar o que estou sentindo ; aumento da glicose, dores nsa articulações etc………. muito obg.por ter me comfortado.

  108. boa noite, dr.Leandro. Sou nutricionista, apreciei muito a forma clara e simples do seu texto. Gostaria, se possível, de sua contribuição com um caso que estou atendendo:
    Paciente do sexo masculino, 73 anos, diabético, apresenta lesão ulcerada gástrica, histórico de litíase renal há mais ou menos 1 ano, IMC 30,08
    exames em 27 de agosto 2014: hemácias 3,48, HG 11,1, HT 31,6, VCM HCM CHCM e RDW dentro da normalidade, leucograma normal, plaquetas 150.000, GL 129 GPP 193, Hem Glic 7,6%, COL T 128, COL HDL 33, TG 210, LDL 53, Creatinina 1,26, uréia 28, AST 21, ALT 18, Albumina 3,9, Prot totais 6,6, Ferro sérico 127,1, Ferritina1280,3, T4 0,67, TSH 4,74, PSA Total ,53, vit B 12 > 1500 , EQU sp.
    videoendoscopia digestiva alta:esôfago ok, estômago apresenta lesão elevada ulcerada, aprox. 4cm , duodeno ok
    Medicação em uso = lipless 1 x dia, sintroid 500 mg pela manhã, omeprazol 1 x dia.
    colonoscopia ok
    qual orientação dietética nesse caso?
    Agradeço desde já.
    Att

    Denise

    • boa noite, Denise. Em primeiro lugar temos que estabelecer o diagnóstico. prestar atenção a esse índice de B12 elevada, anemia, idade avançada e ferritinta alta. a ferritina pode ser uma resposta a uma doença de mais séria.
      faria isso no primeiro momento, depois partiria para a questão alimentar, que no caso teria que contribuir para melhorar anemia, controlar a glicemia e triglicérides.

      abs

  109. Muito bem esclarecido, eu e meus irmãos fomos surpreendidos com os resultados de ferritina alta, vamos comentar com nosso médico sobre a matéria

  110. DoutorLeandro, bom dia.

    Excelente esclarecimento sobre a ferritina!
    Acabei de abrir meu exame e vi que a FERRITINA está em 404 microg/L (quase o dobro do valor máx de referência), mais a taxa de SATURAÇÃO DA TRANSFERRINA 113 mcg/dL 37%.
    O que pode ser a causa? Devo me preocupar?

  111. ALGUM TEMPO ATRÁS, PASSEI EM MEDICINA, NAS PORÉM NA HORA DA MATRICULA DESISTI POR TER ORGERIZA A SANGUE. TERMINEI FORMANDO-ME EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS E DIREITO, MAS GOSTARIA MUITO DE RECEBER EM MEU E-MAIL TODA E QUALQUER INFORMAÇÃO SOBRE MEDICINA.

    Cordialmente,

    ROBERTO BARRETO.

  112. Olá Dr. parabéns pelo post que fez, muito bom. Por favor se puder me ajudar , pois eu e minha esposa estamos um pouco desesperado com nosso filho menor de 4 anos. Logo que ele nasceu apresentou sintoma de anemia onde fizemos tratamento com medicamentos a base de ferro por 2 anos e melhorou muito. Agora com 4 anos e 4 meses em um exame de rotina foi constatado que a ferritina está em 900. Bom, levamos ao hematologista e ele de imediato pediu pra cortar carne vermelha e demais como vísceras(fígado, etc…), ele pediu pra fazer um exame mais detalhado somente em Dezembro, como somos pais e tememos muito pela vida de nosso filhote, ficamos muito preocupados e então já vamos levá-lo mais uma vez pra fazer outro exame em outro laboratório. No caso dele que é uma criança, o que realmente podemos dar de alimento? Porque ficamos um pouco receosos de cortar algo a mais e não fazer bem, vi pela internet pessoas dizendo que se cortar algumas frutas e leite , pois podem reter o ferro , melhoria… mas estamos perdidos. Ele come bastante frutas, bebe muito leite, principalmente fermentado… A questão é que torço pra esse exame ter saído errado, o que provavelmente não foi pois o laboratório é de confiança. Te agradeço imensamente a atenção que nos der.

  113. bom dia! eu gostaria de uma opinião profissional. tenho 55 anos 1.81 mtrs de altura e peso 73 kilos, pratico esporte, caminhadas, corridas, musculação, etc… ocorre que de uns 3 meses pra cá, minha ferritina aumentou considerávelmente, foi pra 648 depois 678 e agora está em 771… não bebo, não fumo, dificilmente tomo refrigerante e raramente como carne vermelha… procurei um médioco hematologista, o qual me mandou direto pro hospital fazer uma sangria de 500ml… estou preocupado, pois pelo o que entendi, teria que ser feito uma investigação pra ver se há algum tipo de infecção ou alguma outra doença que está causando esse aumento… nesse caso, o que o Sr. aconselha eu fazer? fico muito grato por um possível retorno. att.

  114. Artigo muito esclarecedor, em linguagem simples e informações precisas. Valeu muito ler cada linha do artigo. Incentivo a continuar sempre publicando artigos desta forma. Parabéns.

  115. apesar das ótimas colocações do Doutor explique-me porque depois de fazer a sangria a pedido médico senti
    uma diminuição da resistência física pois faço exercícios diários, existe alguma ligação, obrigado

  116. Dr. minha ferritinina deu 516, todos os demais exames deram normais, PROTEÍNA C REATIVA, PSH, TSH, tudo normal, meu médico me orientou a não comer carne vermelha e feijão, e repetir o exame dentro de 6 meses. Estou consultando com um endocrinologista. Seria interessante procurar algum outro especialista?

  117. MUITO OBRIGADO DR.PELA SEU ESCLARECIMENTO SOBRE A FERRINTINA ESTOU MUITO SATISFEITO PÓ TER TIRADO MINHAS DUVIDAS QUE DEUS PROTEIJA O SR. E TODA SUA FAMILIA AMEM.

  118. Minha filha tem 4anos, e a ferritina deu 243.8, e alta pela idade dela, pois a medica dela falou que e normal e ela tem muita dor nas pernas.

  119. Prezado Dr. Leandro.
    Gostei muito de sua matéria e gostaria de agendar uma consulta. O Sr. atende em Porto Alegre? Obrigada.

  120. Tenho 65 anos sou diabetico, insulino-dependente e pela primeira vez o medico solicitou entre os exames a Ferritina resultado: 356,32. Apos ler as suas explicações, retrornarei ao meu medico mais tranquilo e esclarecido sobre o que ele solicitara para confirmações. O meu muito obrigado.

    João Aberaldo

  121. Boa noite Dr,

    Muito clara sua explicação.
    Estou preocupado com o nível da Ferritina, pois tive hepatite na adolescência, e meu exame apontou 452 ng/ml.

    O que pode ser e o que fazer?

  122. mesmo de maneira clara e esclarecedora, voltei ler s/artigo. gostei muito !! parabéns DR. p/cuidado c/população, é lamentável q só agora alguém s

    reli s/artigo, é esclarecedor, um alerta que n/leva a pesquisa, nos conduz, muito obrigada DR, (as vzs temos q sugerir exames, após anos de convênios ) o Sr é uma benção !!

  123. Dr. Leandro,
    Tenho 61 anos faço um acompanhamento de rotina saudável há 12 anos com o Dr. Sinval de Oliveira, endocrinologista, nos dois últimos exames (2013 – 2014) observamos um aumento em minha dosagem de ferritina (340-550 microg/l) e agora set./2014 (758 microg/l) então foi solicitado uma ressonância e confirmado uma sobrecarga férrica estimada em cerca de 65 microMol/g, a taxa normal seria até 36 microMol/g ? (ref. The Lancet. 31-jan./2004). A orientação imediata foi procurar um hematologista para avaliação e acompanhamento, correto? Já agendado!!
    Dentre os seus comentários e orientações “Maravilhosas” que acabo de ler, tenho sim um grande e forte hábito de comer frutas! As vezes até exagerado, trago isto da infância, diariamente sob e sobre as árvores frutíferas no quintal de meus pais e também nas dos vizinhos! Coisa que hoje não temos mais nas grandes cidades!!

    Abraços,

  124. Dr. Leandro,
    Tenho 61 anos faço um acompanhamento de rotina saudável há 12 anos com o Dr. Sinval de Oliveira, endocrinologista, nos dois últimos exames (2013 – 2014) observamos um aumento em minha dosagem de ferritina (340-550 microg/l) e agora set./2014 (758 microg/l) então foi solicitado uma ressonância e confirmado uma sobrecarga férrica estimada em cerca de 65 microMol/g, a taxa normal seria até 36 microMol/g ? (ref. The Lancet. 31-jan./2004). A orientação imediata foi procurar um hematologista para avaliação e acompanhamento, correto? Já agendado!!
    Dentre os seus comentários e orientações “Maravilhosas” que acabo de ler, tenho sim um grande e forte hábito de comer frutas! As vezes até exagerado, trago isto da infância, diariamente sob e sobre as árvores frutíferas no quintal de meus pais e também nas dos vizinhos! Coisa que hoje não temos mais nas grandes cidades!!

    Abraços,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>