Cardápio com Baixo FODMAP para Síndrome do Intestino Irritável

Cardápio com Baixo FODMAP para Síndrome do Intestino Irritável

Publicado em 25 de janeiro de 2017 às 6:02pm

Olá! Deixo aqui um material especificamente para médicos e nutricionistas. Costumo deixá-lo com pacientes em tratamento para a Síndrome do Intestino Irritável. 

Hoje, entre uma série de medidas, a prescrição do teste com a dieta de baixo teor de FODMAP é o que se tem de vanguarda na abordagem da doença. Há, no entanto, ainda uma pequena sobreposição entre a intolerância aos FODMAP’s e a sensibilidade ao glúten não-celíaca; por isso, uso a estratégia de tratar o glúten como um grupo a parte, entrando nos testes alimentares após as 4 semanas.

Já deixei alguns posts, inclusive uma aula, sobre esse assunto. (links)

Caso você tenha sintomas da doenças, procure seu médico e o questione sobre essa abordagem. Leve até ele esse cardápio.

O diagnóstico da síndrome do intestino irritável é feito por médico (clínico, nutrólogo ou gastro) e demanda alguns exames e considerações. Não tente adivinhar por conta quais são as causas de gases, estufamento, constipação ou diarreia.

Um grande abraço, Leandro

 

Sugestão de Cardápio com Baixo FODMAP

1)      Procure variar os alimentos;

3)      Não diminua o consumo de fibras ou proteínas – erros comuns em dietas restritivas;

4)      Habitue-se a usar a tabela de FODMAP ou baixe um app;

5)      Caso algum dos alimentos com baixo FODMAP cause desconforto, não o consuma e deixe anotado para a próxima consulta;

6)      Caso piore sintomas como constipação (intestino preso), aumente consumo de água, dobre a dose do farelo de aveia w aumentar caminhadas – se não houver resposta, avise seu médico;

7)      Essa dieta pode ser seguida no máximo por 4 a 6 semanas.

 

Café da manhã

Leite e laticínios sem lactose

Pão sem glúten e lactose (são permitidos por não conterem o trigo) ou cereais (Corn Flakes, ou sem glúten)

Farelo de aveia – 1 colher de sopa

Ovos – cozido ou omelete

Frutas: banana, uva em pouca quantidade, laranja, mamão, melão, limão, lima, morangos (escolher as que não sejam ricas em frutose ou polióis – ver tabela)

 

Lanches

Amêndoas, castanha do Pará, nozes (evitar pistache);

Iogurte sem lactose e sem as frutas ricas em frutose ou polióis (em pelo menos um dos lanches do dia – devido à proteína);

Biscoitos sem glúten;

Frutas permitidas.

 

Almoço e Jantar

Salada de vegetais: brotos, cenoura, aipo, milho, berinjela, alface, tomate, espinafre;

Abóbora – creme ou cozida;

Mandioca ou batata ou arroz ou macarrão de arroz ou sem glúten ou pizza com massa sem glúten;

Carne vermelha ou branca ou substituição por ovos (2 a 3 claras, até 2 gemas) + porção extra de laticínios sem lactose

Azeite de oliva – 1 colher de sopa

Sobremesa: frutas que não sejam ricas em frutose ou polióis (ver tabela) – sorvete sem lactose sem frutas não permitidas ou adoçantes.

 

fodmap VML

Novo Hamburgo- RS | Rua Nações Unidas, 2475 sala 203 - Bairro Rio Branco – Tel. (51) 3035 1240 ou (51) 9818 2595 | leandrominozzo@gmail.com

2015 - Todos os direitos Reservados