11 dicas de saúde para idosos enfrentarem o inverno sem adoecer - Leandro Minozzo

11 dicas de saúde para idosos enfrentarem o inverno sem adoecer

Publicado em 25 de maio de 2018 às 2:45am

A vacina para a gripe é apenas um dos cuidados. Veja outras dicas para enfrentar bem a estação do ano que se aproxima.

winter-health

Aposto que você já ouviu essa de algum avô ou tio: “se eu passar de agosto…”  No consultório, escuto direto. Trata-se, como se sabe, de uma clara referência à dificuldade dos idosos em enfrentar o rigor do inverno. Aqui, vivemos um clima que nos expõe a extremos de temperatura, basta lembrarmos do que foi o último verão: semanas com temperaturas acima dos quarenta graus! Em poucos dias, enfrentaremos aquele vento cortante e termômetros próximos a zero grau. Assim como acontece em verões muito quentes, invernos rigorosos aumentam bastante o risco de morte e de doenças nos mais frágeis, ou seja, nos idosos!

Sabemos que o inverno expõe os idosos ao risco aumentado principalmente das doenças respiratórias: resfriado, gripe, rinite e sinusite, pneumonia, crise de asma e exacerbação da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Outros problemas graves que os acometem nessa época dizem respeito à saúde cardiovascular: insuficiência cardíaca, infarto do miocárdio (aumento em 30% em dias abaixo do 14 C), derrame e crise de hipertensão arterial. Além disso, as temidas quedas também são mais frequentes em dias de frio.

Destaco outras situações comuns e que envolvem prejuízo à saúde de todos, não só dos idosos: ganho de peso, deficiência de vitamina D, piora no estado de humor (aumento no risco de piorar ou desencadear quadros depressivos) e aumento no sedentarismo. Grande parte da população ganha alguns quilinhos nessa época do ano e o problema maior é que muitos jamais se livram deles! 

Vamos lá, deixo algumas dicas para que todos os idosos possam passar bem pelo inverno:

1) Para evitar resfriados e gripes, lavar sempre as mãos e usar álcool gel quando possível;

2) Manter uma dieta rica em vitamina C, encontrada em frutas cítricas, acerola, açaí, kiwi, morango, entre outros;

3) Evitar expor-se a temperaturas baixas – a ideal para o funcionamento do organismo é de 22 ºC;

4) Evitar expor-se a fumaça tóxica do cigarro, principalmente em locais fechados;

5) Apesar do frio, manter um nível adequado de hidratação – é fundamental para a fluidez das secreções respiratórias;

6) Evitar consumo excessivo de álcool;

7) Deixar a carteira de vacinação em dia, lembrando sempre que os idosos e pessoas com doenças crônicas (asma, bronquite, problemas cardíacos e diabéticos) necessitam vacinar-se contra o pneumococo (existem duas vacinas indicadas: a polissacaridica 23-valente e a conjugada 13-valente);

8 ) Evite a automedicação, em especial com antiinflamatórios (diclofenaco, ibuprofeno, nimesulida) e antibióticos. Em casos de dor ou febre baixa, prefira sempre o paracetamol ou dipirona – caso não tenha alergias;

9) Falando em febre, cabe destacar que febre em idosos ela é considerada quando temperatura maior ou igual a 37,2 C em duas medidas!;

10) Fico sempre preocupado com os sinais de insuficiência cardíaca nos idosos nessa época: falta de ar, necessidade de mais travesseiros para dormir, crises de tosse e chiado no peito, perda de apetite, inchaço nos pés e aumento na pressão arterial – são os sinais mais comuns;

11) Em idosos, ficar atento sempre a sinais inespecíficos como perda de apetite, alteração no estado mental, além de falta de ar, respiração ofegante e mais rápida (mais que 24 respirações por minuto) – sempre são situações que devem ser levadas a sério e um médico deve ser procurado o quanto antes.

 Bom, espero que todos tenhamos um ótimo inverno, que possamos, principalmente, nos aquecer com o afeto daqueles que nos são caros! E que possamos ajudar a todos necessitados!

Abraços e vejo vocês  todos em setembro!

Leandro Minozzo

Novo Hamburgo- RS | Rua Nações Unidas, 2475 sala 203 - Bairro Rio Branco – Tel. (51) 3035 1240 ou (51) 9818 2595 | leandrominozzo@gmail.com

2015 - Todos os direitos Reservados