Menu fechado

Qual a alteração de comportamento mais comum em Alzheimer?

A agitação, agressividade, desinibição são, talvez, os sintomas psicológicos e comportamentais mais temidos pelos familiares das pessoas que desenvolvem a doença de Alzheimer. Porém, o mais comum desses sintomas é pouco conhecido. Diversos levantamentos mostram que 30 a 55% das pessoas com Alzheimer vão apresentar esse sintoma de maneira significativa na trajetória da doença.

A apatia, é uma modificação na personalidade que causa menor motivação, falta de iniciativa, indiferença e desinteresse nas atividades cotidianas. Há dificuldades até mesmo nas atividades relacionadas ao cuidado pessoal.

O olhar pode ficar mais distante, com redução da expressão facial e menores respostas emocionais, inclusive nos relacionamentos – como se nada mais trouxesse alegria e despertasse interesse de forma sustentada.

Suspeita-se de apatia no Alzheimer quando há perda ou redução na motivação quando comparada ao nível anterior, associada à perda nas seguintes áreas:

  • Iniciativa para conversar, realização de tarefas cotidianas, interações sociais e verbalizar escolhas;
  • Comportamento estimulado pelo ambiente, como responder à tentativas de conversa ou finalizar uma tarefa;
  • Na espontaneidade de ideias e da curiosidade;
  • Respostas emocionais esperadas, tanto com menos tristeza ou irritação a estímulos negativos quanto com diminuição importante ou ausência de alegria quando acontece algo positivo.

Aspectos importantes que envolvem a apatia em pessoas com Alzheimer é que sua presença ou suspeita demanda uma avaliação médica detalhada para diferenciá-la de outras situações, como a depressão e o delirium.

Há abordagens e tentativas de prevenção e de tratamento específico para os quadros de apatia. No entanto, é importante que ela seja reconhecida pelos familiares e profissionais de saúde através do tratamento.

Post relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *